A Umbanda é paz e amor… é um mundo cheio de Luz! È a força que nos dá vida e a grandeza nos conduz! Avante, Filhos de Fé!

*compilações de trechos que leio por aí e com os quais concordo…

A Umbanda é uma religião muito gostosa, autenticamente brasileira, com rituais bel íssimos, aliada do bem, cheia de rígidos princípios morais e com estreita ligação com a natureza. Foi criada pelo sr. Zélio de Moraes através do Caboclo Sete Encruzilhadas em 1908. Por ser nova, a sua literatura é marcada por desencontros, confundindo bastante seus adeptos sequiosos dos seus conhecimentos e entendimentos.

As obras com brochuras mais requintadas são as da chamada Umbanda Esotérica. Prega linhas espirituais definidas, onde os espíritos ocupam hierarquias esquisitas, com estranhos e pomposos nomes, tornando-a inatingível para o raciocínio comum. E eu não gosto de elite. Por outro lado, existem livros que ensinam magias desconcertantes, como conquistar a pessoa amada cozinhando calcinha de mulher. E eu não gosto de ignorantes. Por isso prefiro buscar meu conhecimento nas mensagens dos espíritos. E dos espíritos eu gosto.

A Umbanda ainda não se firmou como uma religião comum e igual às tradicionais. Praticamente só é procurada por pessoas em busca do milagre. E ele existe, exceto aos enquadrados na imutável lei do karma. Mas o milagre não acontece como um passe de mágica. Uma seqüência de fatos contribui para sua realização. Devemos buscar fundo as explicações. O homem é um complexo material e espiritual. Os chacras energéticos mantêm o equilíbrio da mente, do corpo e do espírito. Normalmente as pessoas em dificuldades estão com seus chacras desequilibrados.

Os trabalhos no terreiro, através da energia criada pelo ambiente e força dos médiuns, aliado com a energia dos espíritos e das suas extraordinárias magias criadoras de campos de força, agem diretamente na aura, onde normalmente reside a causa. Isto vale para tudo, quer doenças físicas, traumas psicológicos, brigas familiares, vícios ou dificuldades materiais. Quando seus problemas são resolvidos o homem esquece depressa da força que o curou e descuida da manutenção de suas energias, principalmente no culto da Umbanda, força que o mantém em ordem mental, física e espiritual . O problema que o levou desesperado atrás da Umbanda pode, por isso, voltar.

Em todos os momentos que falamos da Umbanda não dispensamos a ladainha que a Umbanda é nova, não tem – e espero que nunca tenha, nenhuma codificação e nenhuma regra existente para diferenciar o certo do errado. Errado na Umbanda só o que fere a moral, o bom senso, a ética ou a cultura. (http://www.paimaneco.org.br)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: